Dramatização: O Pai Nosso

 

 

VOCÊ : Pai nosso que estais no céu...

DEUS : Sim ? Estou aqui...

VOCÊ: Ei, Por favor, não me interrompa, estou rezando !

DEUS: Mas, foi você quem me chamou!

VOCÊ: Ué? Chamei? Eu não chamei ninguém. Estou rezando... Pai nosso que estais...

DEUS: Viu ? Chamou-me de novo! Você disse: Pai nosso que estais no céu. Aqui estou eu, o que você quer?

VOCÊ: Então essa voz é de Deus?

DEUS: Sim,Vamos, continue...

VOCÊ: É que todos os dias eu rezo o Pai Nosso, mas não poderia imaginar que um dia o Senhor me responderia.

DEUS:  (Risos) Então continue...

VOCÊ: Pai nosso que estais no céu...

DEUS: Como você pode dizer Pai Nosso, se não se conscientiza que todos são seus irmãos?

VOCÊ: É, realmente não havia pensado nisso.

DEUS: Mas, prossiga a sua oração

VOCÊ: Santificado seja o Vosso Nome...

DEUS: Espere ai... o que quer dizer?

VOCÊ: Quero dizer... quero dizer... Sei lá o que significa. Faz parte da oração. Decorei assim desde pequeno. Já me ensinaram assim e não me disseram o que significava.

DEUS: Santificado significa DIGNO de TODO RESPEITO, Santo, Sagrado

VOCÊ: Agora sim, eu entendi. ... Venha a nós o vosso reino, e seja feita a vossa vontade, assim na Terra como no céu...

DEUS: Você não pode tá falando sério...

VOCÊ: Claro, por que não? Ta errado?

DEUS: E o que você faz para que a minha vontade seja feita?

VOCÊ: Nada. É assim a oração. Agora seria muito bom se o Senhor tivesse o controle sobre todos aqui na Terra.

DEUS: Tenho controle sobre você?

VOCÊ: Eh, Bem , eu freqüento sempre que posso a Igreja

DEUS: Não foi isso que lhe perguntei. Como é que você convive com os seus irmãos?Como você gasta o seu dinheiro? O muito tempo que dá a televisão, e o pouco tempo que você dedica a mim?

VOCÊ: Por favor, pare de só criticar!

DEUS: Ah, Desculpe.Pensei que você estava pedindo para que fosse feita a minha vontade. Se isso acontecesse mesmo, aceitaria o Sol, a Chuva, O vento, os irmãos com suas dificuldades...

VOCÊ: É tens razão. Nunca aceito mesmo a sua vontade. Reclamo de tudo.Do Tempo, do dia, da noite, se estou doente, não procuro o médico, se não estou não me lembro de agradecer, se não tenho dinheiro, reclamo, se tenho não dou o meu dízimo, se estou desempregado reclamo, se tenho um  emprego não respeito às regras e sempre falto sem justificativas...

DEUS: Ah, Parabéns. Até que enfim reconheceu seus erros. Estou gostando desta nova atitude.

VOCÊ:Olha Senhor, preciso terminar esta oração, está demorando muito e tenho muitas coisas para fazer ainda hoje... O pão nosso de cada dia nos dai hoje...

DEUS: Espere ai! Que tipo de pão você me pede? O pão verdadeiro é a minha palavra, este é o real alimento do espírito. O pão material só alimenta o corpo. Pense nos seus irmão que não tem nenhum tipo de alimento, pense nos que estão vagando em busca da minha palavra e que você poderia doar.Mas continue...

VOCÊ: Perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido...

DEUS: Você perdoa? E se eu perdoasse você como você perdoa o seu irmão, ficaria satisfeito?

VOCÊ: Olha, Senhor, tem gente que não dá pra conviver, que não se toca das coisas que faz, pensa que só ela faz certo. Eu não aturo. Não levo desaforo pra casa não.Bateu levou.

Eu não tenho paciência com gente assim, é mais fácil parar de falar e largar isso prá lá...

DEUS: Ué? E a sua oração? A que você faz todos os dias. Então não faz sentido orar...

Se dentro de você a ira, a mágoa, o ressentimento permanece ...

VOCÊ: O Senhor deveria dizer isso para essas pessoas...

DEUS: Quero que você se transforme. Libere o perdão sobre a vida de seus inimigos.

VOCÊ: Isso é muito difícil.

DEUS: Então não me peças Perdão.

VOCÊ: Está certo... mostre-me o caminho certo...

DEUS: É assim que se fala. Estou orgulhoso de você.

VOCÊ: Engraçado, estou me sentindo tão leve. Nunca havia me sentido assim. Também nunca tinha falado com Deus.

DEUS: Termine a sua oração...

VOCÊ: E não deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal...

DEUS: Então colabore... pare de fazer fofocas, não fique no  meio de intrigas, não colabore para prejudicar o seu irmão, fique longe de pessoas duvidosas...Não caia nestas armadilhas...

VOCÊ: Não estou entendendo...

DEUS: Está sim. Não entre no erro e depois venha correndo me pedir socorro.

VOCÊ: Estou envergonhado...Perdoe-me Senhor!

DEUS : Perdôo. Mas lembre-se de refletir em cada palavra antes de falar, não magoe o seu irmão, pense no que você faz para que ele tenha atitudes erradas.Termine a sua oração.

VOCÊ: Oração? Ah, sim... Amém. Acho que é o final da oração.

DEUS: Amém quer dizer: Que assim seja. Eu amo a cada um dos mus filhos, cada um com suas derrotas e acertos. Amo ainda mais os filhos obedientes, sensatos na minha palavra, que divulgam meus ensinamentos, ainda mais os que querem sair do erro.

VOCÊ: Obrigado Senhor, por me ensinar a verdadeira oração, a que realmente se comprova nos meus passos do dia-a-dia.

DEUS: Fique com a minha Paz !

 

 

VOLTAR