• Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Artigos Ser autoridade e ser amada

Ser autoridade e ser amada

E-mail Imprimir

Ser autoridade e ser amada

Durante a infância não temos condições de formar um julgamento adequado frente às situações que defrontamos. Por isso, precisamos ser tutorados, a princípio pelos nossos pais e familiares, que depois dividem essa responsabilidade com os nossos professores. Essa atividade dos professores requer autoridade.

A autoridade pode ser exercida à base de ameaças ou castigos, mas nesse caso, não é a verdadeira autoridade, mas sim o medo. Genuinamente a autoridade é a possibilidade de exercer uma liderança baseada no amor e na sabedoria. O professor que é amado é capaz de transmitir conhecimentos que vão penetrar na mente do aluno e nunca mais sairão de lá. Não só conhecimentos acadêmicos, mas verdadeiras lições de vida. A criança que tem a oportunidade de ser guiada por um professor que a acolhe com amor e dedicação guarda para sempre em sua memória traços daquilo que admirava nesse professor, sendo um verdadeiro formador de caráter e personalidade! Porque se o conhecimento entra pela cabeça, a sabedoria entra pelo coração!

Você que é professor (a), procure lembrar quais professores foram mais importantes para a sua formação como pessoa. Veja objetivamente quais eram as características deles que lhe causavam admiração. Quais delas você pode desenvolver para tornar-se uma pessoa inesquecível para seus alunos?

 

 

Marcelo Guerra, médico
Homeopatia, Acupuntura e Terapia Biográfica
http://www.marceloguerra.com.br
http://www.terapiabiografica.com.br